A equipa Ergotrics está em expansão. O emprego duplica.

Compartilhe

Turnhout, 27 de Março de 2019 - O Dr. Paul Depauw foi durante quatro anos a única força motriz por detrás da Ergotrics. Contratou frequentemente peritos e consultores para tarefas e projectos específicos, mas o passo para o emprego sustentável só veio no final de 2018 com o início de Inge Bruynooghe como CEO e três vagas pouco tempo depois.

A primeira prioridade era formar uma equipa de vendas forte e complementar", explica Inge Bruynooghe, "É por isso que ficámos satisfeitos quando Fleur decidiu juntar-se à Ergotrics". Fleur Van Heesewijk tem uma forte experiência internacional de vendas e marketing em vários sectores e esteve envolvida em vários lançamentos de produtos. Ela fala 6 línguas e tem mais de 15 anos de experiência na liderança de uma rede de distribuição e de clientes em toda a Europa. A sua força é o seu forte foco no cliente e a sua capacidade de compreender as necessidades e dinâmicas em diferentes países. Procurava a focalização no cliente e a paixão pelos resultados. Ergotrics oferece-os num ambiente inovador e empreendedor", explica Fleur a sua escolha de carreira.

Inge continua: "Depois foi importante atrair pessoas que conhecem bem o mundo médico e assinámos um contrato de coaching com Bas Van Riggelen". Bas tem mais de 20 anos de experiência na indústria da saúde. Começou a sua carreira na J&J e trabalhou muitos anos na InSpine , que fornece produtos inovadores e tecnicamente superiores para uma vasta gama de aplicações de cirurgia da coluna vertebral. "Quero partilhar a minha experiência e rede de neurocirurgiões e ortopedistas com novas empresas. Tenho de acreditar no produto e estou ansioso pelos primeiros testes a pacientes", diz Bas na primeira reunião da equipa. 'A solução Ergotrics é simples mas uma melhoria fundamental para os pacientes e o pessoal hospitalar'.

Saskia Deleebeeck irá completar a equipa de vendas em Abril de 2019. Saskia foi treinada como enfermeira. Desde a sua especialização como assistente anestesista no Hospital Erasmus, ela aprendeu as entradas e saídas da sala de operações durante os últimos 8 anos. Esta experiência é necessária porque o nosso produto requer uma forma de trabalho simplificada mas nova, que necessita de demonstração e testes no hospital antes de tomarem a decisão de compra. Saskia também fará a ligação com os enfermeiros através de contactos hospitalares e meios de comunicação social. "Tenho experimentado os desafios ergonómicos na sala de operações e no departamento ortopédico. Estou ansioso por estar envolvido no desenvolvimento de produtos para melhorar as condições de trabalho nos cuidados de saúde", diz Saskia.

Entretanto, a equipa técnica também foi reforçada. Eddie Van Eeckhoven tem vindo a ajudar as empresas a desenvolver as suas actividades internacionais e novos dispositivos médicos há 25 anos. A sua experiência no planeamento e execução de assuntos regulamentares e investigação clínica já provou o seu valor acrescentado para o nosso ficheiro de marcação CE e METC (comité médico)", diz Paul. Paul tinha trabalhado com Eddie Van Eeckhoven durante vários meses, mas devido aos seus conhecimentos específicos e boa cooperação, decidiram assinar um contrato de serviço estratégico a longo prazo.

A equipa de seis membros será em breve alargada com um engenheiro de inovação e qualidade. "Esta é a última vaga deste ano e já há vários candidatos em preparação. Por enquanto, eu próprio estabeleço os contactos com os fornecedores e a agência de design", explica Inge, 'mas é necessário mais concentração e conhecimento técnico à medida que o produto é lançado e as vendas aumentam. Além disso, queremos iniciar o desenvolvimento do produto para o novo produto de cuidado doméstico, que é um projecto desafiante para o nosso primeiro engenheiro da Ergotrics'.

Inge construiu a sua experiência de liderança na Philips (agora Signify) e liderou equipas internacionais de 100 a 30.000 pessoas durante muitos anos: "No passado, também fui conhecido como alguém que está envolvido e próximo da equipa. É fascinante construir uma nova equipa a partir do zero. A experiência é importante, mas o truque é encontrar a mistura certa de competências e obter o melhor das pessoas. Os valores de um start-up são tipicamente o empreendedorismo e a inovação, mas a inovação e o cuidado são também uma parte importante da nossa cultura. Adoramos o que fazemos, acreditamos nas nossas soluções inovadoras e estamos dispostos a trabalhar arduamente por elas. Somos levados a melhorar os cuidados aos pacientes e às equipas hospitalares. Ao mesmo tempo, os cuidados também têm um significado interno para nós: cuidamos do nosso desenvolvimento pessoal, de um bom equilíbrio entre trabalho e vida pessoal e estamos empenhados na responsabilidade social das empresas'. O apoio da Vlaio tornou possível a rápida constituição desta primeira equipa e a Ergotrics está a planear uma nova expansão após a próxima ronda de investimentos.

Ficheiros

 

A equipa Ergotrics

Quer manter-se informado? Inscreva-se para o manter actualizado.

Siga-nos nas redes sociais: